quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Técnicas de pintura em vidro - 1

Acerca da Técnica de Falso Vitral - Como fazer o desenho no Vidro:
1. Escolha o desenho que quer passar para o vidro. Obtenha o desenho em papel no tamanho desejado, por exemplo, imprimindo, fazendo a cópia de uma fotografia, desenhando no papel, etc.

2. Ponha o desenho por baixo do vidro.

3. Prenda as pontas do desenho ao vidro com um pouco de fita-cola. Assim, evita que o papel se mova do sítio desejado enquanto faz o contorno no vidro.

4. Com a pasta de contorno, começe a fazer o desenho no vidro. Pode começar a passar o desenho a partir do centro ou de uma das pontas, conforme lhe der mais jeito. À medida que avança no contorno, tenha cuidado para não estragar a parte que já fez pois a pasta ainda não está seca.
Entre cada aplicação do contorno no vidro, costumo limpar a ponta da bisnaga de pasta num filtro de papel para remover os resíduos que ficam.

5. Quando terminar o contorno no vidro pode retirar a folha com o desenho. O próximo passo é deixar secar bem o contorno, pelo menos 24 horas, antes de começar a pintar com as tintas de Falso Vitral.

6. Depois de o contorno estar bem seco e antes de aplicar as tintas deve limpar o desenho para remover o pó que ficou no vidro. Para este efeito, utilizo uma trincha pequena ou um pincel grosso.

Para fazer o contorno dos desenhos nas Pinturas no Vidro ou no Falso Vitral, existem á venda nas lojas de Artes Decorativas bisnagas de chumbo ou bisnagas de pasta de contorno.

Pinturas em Vidro: Chumbo e Pasta de Contorno
Para fazer o contorno do desenho no vidro, que posteriormente será pintado, pode ser utilizado chumbo ou pasta de contorno. Estes dois tipos de materiais existem à venda em bisnagas, como as da fotografia, em lojas de materiais decorativos. Tanto o chumbo como a pasta de contorno para pinturas no vidro são fabricados em várias cores.
No caso do chumbo (embalagens da esquerda) as cores mais facéis de encontrar são o preto, o cinza pombo, o prateado, o dourado e o azul escuro. No caso da pasta de contorno já existem marcas que disponibilizam todas as cores e vários tons.
Cada bisnaga pequena de contorno como as da foto pode custar entre 2 e 3,5 Euros, dependendo da marca e da loja onde compra o material.
Quando se utiliza pasta de contorno nas pinturas em vidro convém incluir na lista de materiais a utilizar papel para limpar as sobras do bico das bisnagas.

Dica: O papel que utilizo para este efeito são filtros de café (abertos ao meio e cortados em pedaços menores) porque não são caros, são extremamente absorventes, duram muito tempo e não atraem o pó como ocorre, por exemplo, com o papel de cozinha.

Retirado do blogue:
http://arteemvidro-mevaristo.blogspot.com

Para pintar peças utilitárias de vidro usa-se verniz vitral, em diversas cores, começando sempre pelas cores mais claras. Para dar transparência ou clarear a tinta, basta misturar com o verniz transparente diretamente na peça ou num godet à parte.
retirado do blogue:

http://artesanatopassoapasso.blogspot.com

1 comentário: